sábado, 30 de maio de 2015

A importância do carinho para os pequenos

O que é carinho para você? Segundo o dicionário, vale de tudo: pode ser um gesto, um olhar, palavras e exemplos. Segundo René Spitz, em seu livro O Primeiro Ano de Vida, ao nascer, o ser humano é totalmente incapaz de sobreviver por si só, dependendo inteiramente de outra pessoa. O psicanalista, um dos primeiros a utilizar a observação das crianças para descrever as etapas da evolução de seu comportamento, constatou que as trocas e interações com a mãe levam à conquista de novas habilidades. Além disso, ajudam a criança a desenvolver seus próprios mecanismos de defesa, iniciando-a enquanto ser social.

Segundo estudo da Academia Nacional de Ciências, o carinho aplicado em uma criança muda, de forma sutil, a maneira como seu cérebro se desenvolve. Se há a carência, mais tarde, já na fase da adolescência ou na idade adulta, isso pode resultar em ansiedade e dificuldades de se relacionar. Isso acontece porque o amor dos pais e responsáveis é vital para o desenvolvimento das regiões do cérebro associadas com o estresse e a formação de laços sociais, descobriram os pesquisadores. Além disso, brincadeiras, passeios, jogos, canto e dança estimulam a criança a explorar o mundo a sua volta, o que impacta diretamente no seu desenvolvimento.

Bons exemplos

Você já percebeu como o seu filho copia, muitas vezes, exatamente o que você faz? Seja na forma de falar ou andar, as crianças são miniaturas dos pais, reproduzindo os valores passados em casa em seu dia a dia. Por isso, o carinho é tão importante na primeira infância. É lá que os pequenos começam a receber os exemplos e a copiá-los em seu dia a dia.

Dando carinho, é possível ajudar diretamente na construção de um mundo melhor, interferindo na formação da criança. Você já abraçou o seu filho hoje? =)

Um comentário:

Reflexões de Mamãe disse...

É incrível como eles aprendem carinho só de receber carinho...
Quanto mais carinho damos, mais recebemos!